Michael Kiske Brasil :: O Site Brasileiro!
Conecte-se para visualizar o site livre de propagandas , ter acesso à todas as áreas do fórum e participar do Fã Clube Brasileiro de Michael Kiske.




BIOGRAFIA DE MICHAEL KISKE

Ir em baixo

BIOGRAFIA DE MICHAEL KISKE

Mensagem por Admin em Seg Jan 25 2010, 20:11

.
BIOGRAFIA DE MICHAEL KISKE

Michael Kiske nasceu no dia 24 de Janeiro de 1968 em Hamburgo (Alemanha).

Sua carreia começa com 16 anos numa banda chamada Ill Prophecy onde gravou uma demo que conta com músicas como "A Little Time" (posteriormente gravado com o Helloween), "The Way Of Life", "Heroes", "Riding The Wind","You Always Walk Alone", (cantadas muito ao estilo Geoff Tate, usando falsetes). A banda era composta por: Karsten Nagel: bateria, Uli Schulz: guitarra, Raico Ebel: guitarra e Patrick Hampe: baixo. Não era uma típica banda de Power Metal e sim mais Progressivo, uma mescla de Queensryche com Iron Maiden que por sua vez tinha um pouco da melodia dos "Keepers".


Em 1986 o vocalista e guitarrista do Helloween Kai Hansen , entendendo que era muito dicífil tocar guitarra e cantar ao mesmo tempo, propôe buscar um novo vocalista pra banda. O baixista Markus Grosskopf faz uma oferta ao Kiske que a princípio não aceita pois era um estilo rápido demais e que não gostava. Então Kai Hansen tenta trazer o vocalista Ralf Scheepers que também não aceita, até que finalmente, depois da insistência de Michael Weikath, conseguem convencer o Kiske.

Em 1987 sai o primeiro álbum do Helloween com o Kiske chamado "Keeper Of The Seven Keys Part I" (queriam que fosse um álbum duplo mas a gravadora Noise não aceitou), com músicas clássicas como: "Future World", "I'm Alive" e "Halloween" que fizeram do álbum um sucesso e abriu as portas pra banda tocar em grandes festivais. Nesse álbum Michael Kiske contribui com a anteriormente mencionada "A Little Time".

Em 1988 depois de uma turnê de sucesso sai a segunda parte da saga, "Keeper Of The Seven Keys Part II" reconhecido com um dos melhores álbuns da história do Heavy Metal e criador do estilo Power Metal , o Metal Alemão. Graças a esse álbum a banda alcançou um sucesso tremendo, sendo convidada a tocar no festival Monster Of Rock ao lado de grandes bandas como Iron Maiden, Megadeth, Skid Row e Kiss.
As músicas compostas por Kiske nesse disco são "You Always Walk Alone" e "We Got The Right". Enquanto nos singles Kiske contribuiu com as músicas "Don't Run For Cover" e "Savage". Além dessas o álbum conta com clássicos como: "I Want Out", "Eagle Fly Free" e "Dr. Stein".
Durante a turnê "Pumpking Fly Free Tour" de 1988 é gravado na Escócia um excelente álbum editado com 3 nomes diferentes, na Europa se chamou "Live In UK", No Japão "Keepers Live" e nos EUA se chamou "I Want Out Live". Tem o mesmo set-list exceto a edição americana que falta a música "Rise And Fall".
Nessa turnê o guitarrista Kai Hansen decide abandonar a banda, (por um suposto esgotamento causado pelas longas turnês) e em seu lugar entra o guitarrista do Rampage: Roland Grapow.


Depois de dois anos sem gravar nenhum álbum de estúdio, surgiram rumores da saída de Kiske da banda, que foi desmentida ao iniciar a turnê.

O álbum seguinte foi lançado somente em 1991, se chamou "Pink Bubble Go Ape" ja com a gravadora EMI. Esse é o álbum em que Michael Kiske mais participou, compondo 7 músicas das 11 que constam no álbum, são elas a faixa título: "Pink Bubble Go Ape", "Kids Of The Century", "Back On The Streets" (com Grapow), "Heavy Metal Hamsters" (com Weikath), "Goin' Home", "Mankind" (com Grapow) e finalmente a balada "Your Turn".

No ano de 1993 sai o último álbum com Michael Kiske no Helloween , o controverso "Chameleon". Um disco que não tem mais o característico som da banda em relação aos seus álbuns anteriores, mas também conta com músicas maravilhosas. Mais que um disco do Helloween, devería ser considerado como o primeiro álbum solo de Michael Weikath, Roland Grapow e Michael Kiske onde cada um contribui com quatro composições. As músicas feitas por Kiske são: "When The Sinner", "In The Night", "I Believe", e "Longing". O disco recebeu muitas críticas apesar de vender um milhão de cópias, e a banda praticamente se desfez, Kiske e o baterista Ingo (por doença) abandonaram a banda.

Em 1994 Kai Hansen convida Michael Kiske para participar do álbum "Land Of The Free" com o Gamma Ray cantando "Time To Break Free" e fazendo os refrãos em "Land Of The Free", Kiske aceita como sinal de amizade.


A carreira solo de Michael Kiske começou em 1996 com o lançamento do seu primeiro álbum "Instant Clarity". Nele podemos encontrar dois ilustres convidados , são os guitarristas Adrian Smith (Iron Maiden) e Kai Hansen, os outros membros da banda são Ciriaco Taxares na guitarra e piano, Jens Mencl no baixo e Kai Rudy Wolke na bateria. Vale ressaltar também a grande produção que ficou a cargo do genial Charlie Bauerfeind.
Neste disco se destacam as músicas "The Calling" e "New Horizons" que lembram um pouco o Helloween. "Somebody Somewhere" e "Haunted" são puro Rock e também as duas maravlhosas baladas "Do I Remember A Life" e "Always" que foi dedicada ao seu antigo companheiro no Helloween o baterista Ingo Schiwichtenberg que havia se suicidado se atirando na frente de um trem com uma camisa do Helloween.

Nesse mesmo ano Kiske publica um livro chamado "Kunst Und Materialismus", lançado somente no idioma alemão. Nele espõe seu ponto de vista sobre a arte.



O segundo álbum da carreira solo de Kiske se chama "Readiness To Sacrifice", lançado em 1998. As músicas que se destacam são "Where Whishes Fly", "Ban'em", Watch Your Blue", "Philistine City", "It" e as sinfônicas "Shadowfights" e "Easy". Esse disco havia sido lançado somente no Japão, porém depois de dois anos foi lançado também na Europa.

No ano 2000 o líder da banda Edguy, Tobias Sammet, decide concretizar um de seus maiores sonhos que consistia em fazer um Ópera Metal, o aclamado: "Tobias Sammet's Avantasia Part I", só que para isso necessitava da colaboração de 10 vocalistas para interpretar os 10 personagens que fazem parte da história, pois um de seus escolhidos é Kiske, que faz um druida chamado Lugaid Vandroy. Se você se pergunta por quê não aparece nos créditos desse primeiro volume o nome de Michael Kiske, é porque muitas bandas ofereceram a Kiske que participasse e até mesmo integrasse as bandas, mas só com fins promocionais. Por isso o pseudônimo: Ernie. Ernie era um boneco que normalmente ele mostrava nos shows com o Helloween. Nessa primeira parte Kiske participa em 5 música: "Reach Out For The Light", "Breaking Away", "Farewell", "Avantasia" e "The Tower".

O ano de 2002 é muito movimentado para Michael Kiske, nesse ano foram lançados: "Tobias Sammet's Avantasia Part II", onde ele participa de duas músicas: "The Seven Angels" e "No Return". Também participa no segundo disco solo de Timo Tolkki (Stratovarius) "Hymn To Life" cantando a genial balada "Key To The Universe", e na nova banda composta pelos recentemente expulsados do Helloween Roland Grapow e Uli Kush, chamada Masterplan, cantando uma música num dueto com Jorn Lande, chamada "Heroes".

Em 2003 sai o primeiro álbum da nova banda de Michael Kiske: SupaRed. É um álbum muito rockeiro (não confude com metal) em que se destacam músicas como: "Ride On" (que lembra a maneira de cantar a maravilhosa "We Got The Right", as de velocidade média "Freak Away", "Let's Be Heroes", as rockeiras "Hey", "Turn It" e "Boiling Points Of No Return". Apesar de ser um grande álbum, foi pouco divulgado pela Sanctuary e ainda que houvesse a opção de sair em turnê, não foi possível em parte por conta de uns problemas de Michael com o estômago, que foi preciso operar.

Nesse mesmo ano Michael Kiske decide trabalhar com Sascha Paeth em outro Ópera Metal: AINA. Ele participa em 4 músicas: "Silver Maiden" e "Serendipity" as canta inteiras e um trecho de "Revelations" e "Restoration". Apesar do projeto ser um Ópera Metal os dois trechos que Kiske canta inteiros, são sinfónicas como "Shadowfights" e "Easy". Poderiam ser incluidos num álbum de músicas de Walt Disney.

No ano de 2004 Kiske faz uma participação no primeiro disco da banda brasileira chamada: Thalion. Michael canta em um dueto com a vocalista Alexandra na balada: "The Encounter".

Em 2005 são lançados outros 3 projetos onde Kiske participa. O primeiro é no álbum solo de Renato Tribuzy (ex-Thoten) que se chama "Execution". Esta participação ja havia sido decidida no ano de 2000 mas foi adiado para que Bruce Dickinson, que estava ocupado em turnê com o Iron Maiden, também participasse. Outros participantes são Ralf Scheepers (Primal Fear, ex Gamma Ray), Kiko Loureiro (Angra), Roy Z (Bruce Dickinson), Roland Grapow (Masterplan, ex Helloween), etc... Michael Kiske na música "Absolution".

Nesse mesmo ano sai o primeiro projeto no qual Kiske canta em todas as faixas. Se chama Place Vendôme. Esse álbum foi sugerido por Serafino (dono da Frontiers) com o grande trabalho de Dennis Ward (Pink Cream 69) que tocou baixo e produziu o álbum. Os outros músicos são Kosta Zafiriou (Axxis, Pink Cream 69) na bateria, Uwe Reitenauer (Pink Cream 69) nas guitarras, e Gunther Werno (Vanderplas) nos teclados. Esse álbum tem 11 músicas: 9 no estilo AOR e 2 Hard Rock. O álbum inteiro é uma exibição vocal. Você pode ouvir de novo a voz de Michael 100%. Todas as canções são maravilhosas mas nós podemos enfatizar "I Will Be Waiting", Place Vendome" e "The Setting Sun", Esse ano Kiske também canta com Tobias Sammet em uma canção estilo Queen: "Judas At the Opera" que aparece no EP do Edguy "Superheroes".

Em 2006, Michael assinou um contrato para dois álbuns com a gravadora italiana Frontiers Records. Ele gravou seu terceiro álbum solo entitulado "Kiske" e relançou seu primeiro álbum solo "Instant Clarity" com 4 faixas bônus. O novo álbum é cheio de canções pop-rock que soam incríveis, por exemplo: "All-Solutions", "Kings Fall", "Sing My Song", "Painted" e "Sad as the World". O álbum tem algumas colaborações, entre elas seu velho amigo Karsten Nagel - que era o baterista da primeira banda de Kiske há 24 anos atrás - e Corina Wolke - sua ex-namorada - que fez os corais de fundo em duas músicas. A edição japonesa tem um cover de Elvis Presley: "Mary in the Morning".

Em 2007, Michael aparece em alguns projetos. Ele canta a músicas "Promised Land" no EP "Lost in Space Part 2", do Avantasia do Tobias Sammet.
Participa também do álbum auto-intitulado do Indigo Dying onde canta um dueto com a vocalista Gisa Vatchy em "Breath in Water".
Surgem rumores de algum projeto de Rock ou Heavy Metal entre Michael Kiske, Roland Grapow e Kai Hansen.

Então em Janeiro de 2008 ele participa no álbum "The Scarecrow" do Avantasia. Ele canta em "Shelter from the Rain" e alguns trechos de "What Kind of Love" e "The Scarecrow". Também foi vendida pelo iTunes uma versão especial de "Lost in Space" (Versão Extendida - cantada por Kiske e Tobias). Essa canção foi publicada um ano depois no relançamento de "Lost in Space Capítulo 1 & 2". No mesmo ano Michael lançou seu quinto álbum solo "Past in Different Ways" onde ele refez suas velhas canções do Helloween de forma acústica. Apesar de ser projetado para ser um álbum acústico, isso foi necessário para enfatizar a grande produção que criou uma atmosfera épica em músicas como: "We Got the Right, "You Always Walk Alone" e "I Believe" que finalmente acabaram soando mais sinfônicas do que acústicas. E também a polidez de músicas como "Goin' Home" que ficou melhor do que a versão original.

Ainda nesse ano Kiske se juntou a Timo Tolkki (ex-Stratovarius) para colaborar no primeiro álbum de sua nova banda Revolution Renaissance, "New Era". Michael canta nas canções de rock: "I Did it My Way", "Last Night on Earth" e "Revolution Renaissance". E nas baladas: "Angel" e "Keep the Flame Alive".

Em 2009 Michael Kiske com seu projeto paralelo Place Vendome, lança o segundo álbum: "Streets of Fire", que conta com um video-clipe para a música "My Guardian Angel", além também de uma versão acústica da mesma música.


No mesmo ano, Michael Kiske participa do álbum de estréia da banda italiana Trick Or Treat, chamado: "Tin Soldiers". Kiske canta em duas músicas: "Hello Moon" e uma parte de "Tears Against Your Smile".

Pra 2010 são aguardadas as participações em 6 álbuns: "To The Metal" do Gamma Ray, "34613" da banda de Metal da Noruega Tomorrow's Outlook, nos dois novos álbuns do Avantasia: "The Wicked Symphony" e "Angel of Babylon", no projeto de AOR com a Amanda Sommerville, Mat Siinner (Primal Fear, Sinner) e Magnus Karlsson (Place Vendome, Primal Fear).
Além do UNISONIC, a nova banda anunciada em Novembro de 2009 por Michael Kiske que conta com os seus companheiros do Place Vendome: Kosta Zafiriou(bateria) e Dennis Ward(baixo), além do ex-guitarrista do Gotthard, Mandy Meyer. E que marca o retorno de Kiske aos palcos após 16 anos. O primeiro show da banda será no Sweden Rock Festival, que é organizado em Sölvesborg no sul da Suécia em 12 de Junho de 2010.



avatar
Admin
Administrador

Mensagens : 71
Data de inscrição : 16/11/2007

http://www.michaelkiskebrasil.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum